Thursday, 26 April 2007

Belas Coincidencias

Não sou o tipo de pessoa que acha que algumas coisas acontecem por acaso. Sou mais o tipo que acha que coincidências são mais que o acaso, mas uma razão de ser.

Na última semana aconteceram inúmeras coincidências na minha vida – alias elas têm acontecido com bastante frequência ultimamente. Algumas boas, outras nem tanto, algumas alegres, outras tristes. Para todas tenho certeza: “tinha que ser assim”.

As coincidências me fazem pensar em como tudo esta inevitavelmente ligado e conectado em uma harmonia assustadora. Ajuda a se enxergar no meio desse todo, a entender um pouco do seu papel nesse mundo imenso.

Esse projeto com o John Grant começou com uma grande coincidência. Eu estava trocando algumas informações com a Cris Orlandi sobre sustentabilidade e green marketing e dando uma fuçada na internet encontrei no blog do Russell Davies um post dele com um rascunho de uma apresentação que ele tinha feito justamente naquele dia no D&AD, sobre green marketing, sutentabilidade e o papel das agencias e da propaganda nisso tudo. Alguns dias depois o encontrei na Coffe Morning e comentei como a apresentação dele tinha vindo bem a calhar justamente naquele dia e foi então que ele me apresentou o John Grant que estava sentado ao meu lado e que por coincidência (?) esta escrevendo um livro sobre o assunto!

Coincidência também que naquela mesma semana John havia participado de um tenso debate no IPA (Institute of Practitioners in Advertising) sobre blog X planning, no qual ele e John Lowery (ex-head of planning da Grey) discutiram o fato de os blogs estarem matando o planejamento?

Foi influenciado um pouco por esse debate que eu e John começamos a discutir sobre as diferentes formas de planejamento, que de certo têm tudo a ver com diferentes formas de pensamento e raciocínio também e que surgiu então a idéia do projeto que estamos tocando agora.

Então, com tantas belas coincidências, como eu poderia me surpreender quando Fê Figueiredo me falou dessa matéria escrita pela Rita Almeida (ex- AlmapBBDO) no Meio & Mensagem dessa semana justamente sobre o debate do IPA e essa história toda de blog X planning.

E só pra provocar um pouco. Será que não fosse toda essa rede de blogs, essa coisa de internet, de conectividade… O debate estaria se expandindo assim?

4 comments:

Anonymous said...

Oi Ju, finalmente consegui sentar e ler um pouco do seu blog, e na verdade fiquei surpreendentemente feliz em ver como você está escrevendo bem e como isso é definitivamente o seu dom... estou orgulhosa. A unica coisa triste é que dá mais vontade de ir ai te visitar, ai tenho que cair na realidade que a grana é curta e que ainda não sou rica rs....
Aproveita por mim... saudades
Beijos, Fê

Anonymous said...

Esse post me lembrou o filme “Quem somos nós” (What The Bleep do we Know?), que fala sobre o “mar de possibilidades” que é o universo. Será que existe mesmo coincidência ou acaso? A física quântica revolucionou essa idéia, colocou essas crenças no plano da mitologia. Era assim que a gente podia explicar as coisas. Hoje, o que se sabe é que somos 6 bilhões de pessoas e isso significa 6 bilhões de verdades. Uau!!! Não existe 1 verdade? Não. Existem as possibilidades que são o resultado dos encontros das verdades de cada um. Pavoroso e libertador.
Bom, sem mais filosofia (se é que se pode falar em física sem filosofia) vivemos hoje o mundo das redes, das ligações e conexões. Uma mudança no nosso plano mental que está acostumado a procurar o certo e errado, o bonito e o feio, um modelo que só aprende através da antagonia.
O hábito e comportamento do uso da tecnologia como as redes de comunicação são a concretização desse novo modelo. Que venham blogs, posts, wikipedias, e-mails... Seja lá o que for o compartilhamento dos pensamentos (verdade de cada um) pode nos ajudar a dar um salto no nosso vício cartesiano e linear de enxergar o mundo.
Aproveito para citar Fritjof Capra in O TAO DA FÍSICA (The Tao of Physics):
“Os padrões que os cientistas observam na natureza estão intimamente relacionados com os padrões das suas mentes, com os seus conceitos, pensamento e valores. Por isso, os resultados que obtém e as aplicações tecnológicas que investigam estarão condicionados pela estrutura de suas mentes...”
Pavoroso e Libertador!
Cris Orlandi

Dri&Ze said...

Oi Ju ...
Acabei de acessar o seu blog ...
Afinal de contas ... o que anda fazendo pelo Reino Unido ??? Quero entender mais do que vc está fazendo... achei seu blog a principio muito massa... mas não o tempo para acessá-lo é muito pequeno. Me escreva ... beijos...

Anonymous said...

JU, SOU EU A TIA UXA!! HÁ DIAS ESTOU TENTANDO DESCOBRIR VC NA REDE E HOJE FINALMENTE AÍ ESTÁ VC!
ESPERO MESMO QUE ESTA MENSAGEM TE ALCANCE POIS QUERO FELICITÁ-LA E DIVIDIR COM VC A ALEGRIA IMENSA DE VÊ-LA CONSEGUINDO O QUE QUER. COINCIDÊNCIAS OU NÃO, QUE BOM QUE AS COISAS ESTÃO SE ENCAIXANDO. FALANDO EM COISAS LEGAIS, NAS FÉRIAS EM ALTO PARAISO COM O RAFA E A THALITA, FUI APRESENTADA A UM SISTEMA INTERESANTÍSSIMO DE AUTO-CONHECIMENTO CHAMADO HUMAN DESIGN QUE TEM UMA PÁ DE REPRESENTANTES AÍ NO UNITED KINGDOM. ACHO QUE VC IRIA CURTIR MUITO E QUEM SABE ISTO A CONECTE A OUTRAS COINCIDÊNCIAS MANEIRAS. SUGIRO QUE PROCURE NA WEB O QUE PUDER SBE O ASSUNTO, SE É QUE NÃO O CONHECE. NÃO ME ESTENDO MAIS PORQUE NÃO SEI COMO FUNCIONA ESTA HISTORIA DE BLOG E DE REPENTE ESTOU AQUI FALANDO SOZINHA. SE PUDER, ME RESPONDA POR EMAIL. BJOOOOOS DA TIA